#023 – 23.01.2012# Hora da Missa

Nos ultimos dois dias liguei o piloto automático. Carreguei a câmara e o tripé, programei os comandos por intuição e fui disparando… à toa.
Hoje, às 17h o cartão de memória estava limpo, nem 1 registo. Para ajudar, a hora da caminhada vespertina tinha, logo à partida, menos de 60 minutos. Era uma corrida contra o tempo e contra a letargia em que me encontrava.
Fui arrastada pelas ruas a carregar a câmara como se de um recém nascido se tratasse. Ao aproximar da Praça algumas pessoas passavam alheias ao tempo, outras entravam na capela, outras ainda conversavam cá fora aguardando ao sol a hora da missa.
Afastei-me um pouco, pousei a câmara numa mesa da esplanada e “click”.
Podia voltar para casa, o meu papel de robot chegava ao fim.

Deixe um comentário:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s