#039 – 08.02.2012# Espero por Ti

Sento no muro, ponho a mochila de lado.
Olho o rio, fico a ver os peixes saltar na água.
Pego na mochila, tiro o telemóvel.
Olho o visor, a ausência de mensagens corrói-me.
Guardo o telemóvel, volto a colocar a mochila de lado.
Fico ali, só, entregue aos meus pensamentos.
Não estou bem, volto à mochila, tiro o telemóvel.
Espero por ti, bastaria um toque, uma palavra.
Sei que não virás mas permaneço imóvel, à espera.
Incapaz de te segurar, deixo-te ir com a luz do dia que finda.

Deixe um comentário:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s