#042 – 11.02.2012# Há Dias Assim

Há dias assim!
Dias de solidão.
Não há ninguém para nos ajudar, não queremos ser ajudados por ninguém.
Dias de cegueira.
A noite parece interminável, não vemos que o dia já tomou conta da noite.
Dias de surdez.
Reparamos na porta fechada, não ouvimos a chave a rodar para abrir a porta.
Dias de prisão.
Olhamos as grades à nossa volta, não reparamos na porta no meio das grades.
Há dias assim!

Deixe um comentário:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s