#071 – 11.03.2012# Defesa

Saí de casa já o sol ía baixo. A noite ameaçava-se fria e desconfortável.
Para não ir longe dirijo em direção à praia da Gelfa. Ainda não tinha visto o mar hoje.
O mar tem um efeito calmante no meu sistema, a sua presença espanta a pressão acumulada.
Ao fundo ergue-se o forte, ou fortim, do cão cujo propósito era defender a nossa costa da armada espanhola.
Hoje sou eu que me refugio ao seu lado, aproveitando os ultimos minutos do sol sobre a linha do horizonte.
Deixo-me ficar sem receios, apesar do barulho das ondas.
Sentia forte a defesa do Forte.

4 Comments Add yours

  1. Anonymous says:

    Foto e legenda Um Espanto!

    1. rossanaf says:

      Obrigada! Foi tudo “em cima do joelho” mas não ficou mal de todo.

  2. Anonymous says:

    Sentias a defesa, da defesda do forte, ou estavas te refugiando?!!:)

    1. rossanaf says:

      Talvez ambos.
      Um misto de refugio e defesa.
      Importa que resultou… O forte fortificou :))

Deixe um comentário:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s