#180 – 28.06.2012# Submerso

A praia voltou para o meu imaginário. O São Pedro joga ao esconde-esconde.
Alternativas há imensas, nem é preciso procurar, basta querer ver o oculto.
Submerso, pela vergonha da idade, estava ele estendido no leito do rio.
Noutros tempos teve vida, hoje dá vida a quem lhe traça os contornos.

2 Comments Add yours

    1. rossanaf says:

      Das minhas favoritas do mês 😉 bigada!

Deixe um comentário:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s